contato@amaralmonteiro.com.br
12 3207 3918

Blog

Backup de dados

Backup de dados: conheça 3 melhores práticas!



Perder informações é um medo que atinge qualquer empresa atualmente. A melhor forma de evitar isso é recorrendo a boas estratégias de backup de dados. Um bom plano garante a estabilidade dos processos, minimiza a sobrecarga dos servidores e contribui para evitar perdas importantes.

Para conseguir boas práticas de segurança da informação é importante que uma política seja estabelecida e compartilhada com os colaboradores. Isso permite que todos conhecem a importância e tomem os devidos cuidados para assegurar que as informações estejam bem cuidadas.

Neste artigo, eu explicarei a importância de fazer backup de dados, além de dar dicas sobre as 3 melhores práticas e mostrar as vantagens do backup na nuvem. Acompanhe!

Qual a importância de fazer backup de dados?

O principal objetivo do backup de dados é garantir a cópia das informações mais importantes de uma empresa. Ele deve ser feito em mais de uma mídia, física ou virtual, permitindo que, mesmo em caso de problema em determinado sistema, as informações permaneçam à disposição.

A existência do backup é fundamental para o bom funcionamento da empresa, ajudando na rápida obtenção dos dados e sendo uma fonte de garantia para os clientes e funcionários.

Quais as melhores práticas?

Existem 3 práticas que dão mais segurança e proporcionam um backup seguro e acessível. Confira!

1. Ter um servidor reserva

As panes e problemas técnicos podem acontecer a qualquer momento, por isso, é necessário ter um servidor reserva. Ele dará a garantia que as informações estarão a salvo, mesmo em caso de falhas do equipamento, ataques cibernéticos ou pane elétrica. Existem soluções tanto para os servidores físicos quanto para os virtuais. O importante é se antecipar aos problemas e ter as opções de reparo prontas para serem utilizadas.

2. Fazer versionamento de backup

Os backups devem ser feitos regularmente, se possível, diariamente. O versionamento consiste em guardar, por determinado tempo, as versões anteriores. Isso permite a recuperação de dados de estágios anteriores, ajudando na consulta às informações e na restauração.

3. Testar os backups

Os backups são realizados para serem utilizados. Portanto, é importante verificar se são feitos da maneira correta. Para isso, basta testar manualmente os que já foram realizados, verificando as possíveis falhas e reparos que possam ser necessários.

Quais as vantagens do backup na nuvem?

Outra prática interessante e que traz alguns benefícios é o backup na nuvem. Nessa modalidade, o serviço é prestado de forma externa, evitando que os dados físicos possam se perder em desastres naturais, como enchentes ou fogo. A solução também diminui a vulnerabilidade a ameaças virtuais, uma vez que é feito por empresas especialistas em manutenção e segurança de informações.

Além disso, o backup na nuvem traz algumas outras vantagens, como a realização de backups automáticos, não sendo necessário que algum colaborador seja responsável por essa tarefa. A economia de espaço também é uma vantagem, pois o uso de servidores externos libera espaço físico nas dependências da empresa.

A acessibilidade e mobilidade que este serviço proporciona são muito úteis, já que os dados podem ser acessados de qualquer lugar e por qualquer dispositivo, sendo necessários apenas os caminhos para o acesso.

Na área de saúde, é muito importante cuidar de todas essas informações, garantindo a sua segurança e preservação. Portanto, invista para ter os melhores processos de backup de dados e dar tranquilidade para o seu negócio, evitando passar por alguma crise nessa área.

Você gostou deste conteúdo? Aproveite e compartilhe-o nas redes sociais, ajudando mais pessoas a protegerem as informações e seguirem as melhores práticas de backup de dados.

Powered by Rock Convert
× WhatsApp